Como sairei deste labirinto?
Dizem que fora de vista significa fora da mente, mas eles não podiam estar mais errados, porque estou apaixonado por você. Mesmo que exista um oceano separando seu coração do meu, isso não significa que não eu esteja pensando em você, estou contando os dias até te ver e em algum lugar sei que você está também.
wpp: 022 997197482, Gisele Knupp

:

Não seria justo com o seu amor próprio se acabar tanto por alguém que não chegou a perder noites de sono por estar pensando em você.
— Os porquês de Amélia Roswell.
E lembre-se: sempre vai doer mais quando você magoar alguém do que quando te magoarem. É claro, essa observação só é válida para quem tem coração.
— Os porquês de Amélia Roswell.
Então eu compreendi que tudo muda, nada continua igual. Por exemplo: você não é o mesmo de cinco minutos atrás. Pode ter continuado aí parado, mas o seu cérebro construiu novos pensamentos nesses 300 segundos. Só não conseguia compreender como aquele amor que as pessoas diziam sentir conseguia se acabar tão rapidamente. Se você já teve o seu coração partido sabe exatamente do que estou falando. Quer dizer, o amor quando se transforma acaba nada mais, nada menos em indiferença? Não. O amor não possui prazo de validade e nem acumula nenhum sentimento pesado, triste. O amor aumenta com o tempo. Se diminuir, simplesmente não era amor.
— Os porquês de Amélia Roswell.
As pessoas possuem o péssimo hábito de sofrer por coisas bobas. O amor não usa máscaras, então não há motivos para continuar insistindo em desvendar certas pessoas em busca de algo que elas não possuam. Eu sei, é um choque na primeira, na segunda, na terceira e infinitas vezes que você parar para pensar, mas é a mais pura verdade. Você sempre vai se perguntar o porquê de tudo ser tão complicado e estúpido, porém, depois se acostuma. Ouvir eu te amo é igual andar de bicicleta: nas primeiras vezes você cai de cara no chão, mas depois aprende com as quedas e nada mais te derruba.
— Os porquês de Amélia Roswell.
E ela ria desesperadamente para não chorar, embora sentisse naquele momento que a sua dor era imensa… Porque sabia que um dia tudo aquilo se transformaria em aprendizagens para não cometer o mesmo erro novamente. Ela ria, mas se pudesse, fugiria de seu corpo e só voltaria quando estivesse tudo bem.
— Os porquês de Amélia Roswell. 
— Eu juro que tento, mas eu não consigo te entender. O que diabos você quer?!
Então, como quem já não aguentava mais uma rejeição, mais nenhuma queda, olhou para seus próprios pés descalços e sorriu como se achasse alguma graça em toda sua vida de desgraças.
— Quero poder amar alguém sem ter medo de ser empurrada de um penhasco, mas sempre me empurram. Eu tenho medo de mostrar o que sinto porque estão querendo me matar aos poucos, e sabe o que é mais triste? É parar e perceber que estão conseguindo. Nunca pensei que diria isto algum dia, mas o amor está me matando. O que faço para parar de amar?
— Os porquês de Amélia Roswell.
Talvez eu não seja uma pessoa boa o suficiente para alguém se apaixonar.
— Os porquês de Amélia Roswell.
Mesmo que pareça que não me importo, eu me importo sim. Nunca fui boa para deixar de lado o que sinto, e se você quiser ir embora agora saiba que a sua partida irá doer aqui dentro por muito tempo, talvez, para sempre. Mas não se preocupe, vou sair nas ruas sorrindo como tenho feito nesses últimos dias e tudo vai parecer estar bem.
— Os porquês de Amélia Roswell.
Porque o que quero quase ninguém tem para me oferecer: amor. O que seria melhor agora, se não, uma palavra amiga e um ombro para servir como uma única ponte entre meus olhos, as lágrimas e a pele. Não importa de quem seja, o amor quando acontece é maravilhoso.
— Os porquês de Amélia Roswell.
Ela olhou para as estrelas rompendo o silencio:
― É engraçado. Você ri desesperadamente de qualquer coisa, mas no fundo tudo que venha de você é tão solitário. A sua risada parece um pedido de socorro.
― Talvez seja.
— Os porquês de Amélia Roswell.
Amar não significa estar ao lado de alguém concordando com cada escolha que a pessoa tomar. Amar significa discordar, brigar e no final do dia se entregar de corpo e alma. Amar é tudo aquilo que foi dito, foi gritado e também silenciado. Foi o beijo roubado, o abraço forçado, aquela sacudida básica para acordar pro mundo e também foi o tchau com o coração apertado. Amar além de tudo significa jogar o orgulho no lixo e gritar para voltar quando um dos dois decide partir.
— Os porquês de Amélia Roswell.
P